Contagem Regressiva - foram embora para não voltar nunca mais!

quarta-feira, 17 de março de 2010

51 - Presente, Passado, Devaneios

Ontem passei boa parte do meu almoço – e da caminhada da tarde (veja nota no fim do post!) – pensando na morte da bezerra vida, em como mudei no último ano, no peso moral que está sendo me aproximar dos 26 anos – e com isso estar mais perto dos 30 que dos 20, matematicamente falando - . Às vezes tenho isso, começo um pensamento que emenda em outro e outro, e por ai vai. No final, me desvirtuo totalmente dos primeiros pensamentos e acabo nem lembrando mais do que eu estava pensando, rs.

Muitas pessoas – virtual ou pessoalmente – que andam “me acompanhando” todos esses meses me fazem várias perguntas, que vão desde motivação a tempero pra salada. Mas uma das perguntas recorrentes é: Você não tem vergonha de expor sua vida em um blog? A resposta sempre é: Não, vergonha eu tinha de usar calça 44. O blog sempre serviu como válvula de escape, e eu optei desde o começo a falar quem eu realmente sou porque “ele” foi criado para me dar estímulo, e para servir como recordação de cada vitória suada, de cada conquista, e claro, de todos os percalços e atropelos.
Não tenho nada contra quem usa fakes, é que comigo não funciona. Muitas pessoas criam coragens absurdas quando se escondem atrás de perfis falsos – não só em blogs, mas em toda webesfera. Um exemplo na atualidade é o Formspring. Pessoas que me seguem no twitter passaram a fazer perguntas de extremo mau gosto – muitas vezes beirando a repugnância – sempre como anônimos. Não utilizo mais, não gostei, acho que se você tem alguma pergunta – por mais descabível que seja, faça. Mas assuma. É a mesma coisa com o blog. Tem fotos minhas sim, tem muitas partes da minha vida, lê quem quer, opina quem tem coragem vontade. Eu não tenho problema nenhum em me mostrar, nem em contar minha história. O objetivo é me ajudar – e quem sabe, ajudar outras pessoas?

Na Anhembi tem muitas pessoas que fizeram FATEC (assim como eu) e que decidem continuar os estudos lá porque eles nos dão uma série de pseudo vantagens – como não pagar adaptações, ter bolsa de desconto, etc. Então nesse mês de volta as aulas eu reencontrei muita gente que já havia estudado comigo. E ontem num momento aula-de-laboratório-maior-enrolação-do-mundo estava mostrando umas fotos de Melissa pra uma amiga (que já havia reparado que eu sou obssessiva só uso Melissa) e entre uma foto de sapato e outra existem as fotos dos pratos que eu como todo santo dia (sim, eu continuo tirando fotos! Só ando sem tempo de postar, rs). Ela, claro, perguntou porque eu tirava fotos e eu respondi na maior cara-de-pau naturalidade : - Ah, é porque eu faço R.A. né, eu cheguei a pesar 80,0 kgs em setembro e tenho que me policiar, né. A menina ficou chocada, bege em 254 tons, e como eu sou uma pessoa discreta, e uso megafones naturais falo baixinho, fui ouvida por pelo menos mais 6 pessoas que estavam perto. Ai já sabe: o resto da aula – e boa parte do intervalo – foram dedicados a explicações de como-é-que-você-conseguiu, e puta-que-pariu-que-força-de-vontade! Mostrei as fotos do ano passado, falei do blog (me olharam com cara de louca, óbvio, ninguém conhecia a blogsfera light até então – momento rancorzinho : claro eles são magros, rsrsrsrs), mostrei evoluções, fotos de balança etc. Me perguntaram se eu fiz bariátrica, se eu tomo remédio, se eu faço a dieta da USP, enfim, foi a maior sabatina do mundo. E sabe que eu gostei de falar? Nossa, eu ME orgulhei muito de mim ontem! E claro, perguntaram sobre a minha exposição no blog. Respondi exatamente o que eu já escrevi ai em cima: vergonha mesmo era usar calça 44 !

A conversa de ontem me animou a fazer uma série de posts motivacionais. Sei lá, fiquei tocada com o carinho e o respeito do pessoal ontem. Então, durante essa semana vou bolar alguns posts com temas como: Metas, Exercícios, Força de Vontade, Disciplina, Pé na Jaca, Compulsão, etc. Se alguém tem alguma dúvida, o momento de perguntar é agora! E se você não quiser se identificar, tudo bem, mas se quiser me criticar / ofender, seja adulto(a) o bastante para assumir.

Acho que é isso. Ahhh não, claro, preciso contar a loucura façanha de ontem. Sai do trabalho, estava caminhando linda, leve e japonesa pela rua, chegay na Brigadeiro, estava cedo, e eu fui caminhando, caminhando, caminhando até que ... tcharã! Estava na Anhembi! Segundo o Google, 7,80 km em 1:10 hs de caminhada! Hoje estou considerando começar a competir ... sonhei com a São Silvestre .... rs


Viva!


Um beijão !


2 comentários:

Deh disse...

Qdo vc fala de se sentir orgulhosa pelo sua força de vontade eu me indentifico. Pois de uma hora pra outra me vi acima do peso e dps disso foram varias tentativas frustadas de regime. Porém em novembro do ano passado comecei a me reeducar sozinha e emagreci 9 kgs q nunca mais voltaram. O melhor de td são as pessoas q não te veem td dia e nem sabiam do regime e falam q vc emagreceu, ai sim criamos mais vontade de continuar com a boa alimentação. Hj me sinto otima e não tenho nada contra quem esta acima do peso e se senti bem assim, mas eu não me sentia.
Ah é isso intão...Bjs

Aline disse...

Nossa hj eu olho e vejo qto vc sempre foi especial, faz mais ou menos uns 8 anos que eu não vejo vc pessoalmente, mas poder te seguir no twitter ver seu blog e como se eu tivesse junto de vc.
Mas adorei o que vc disse: "vergonha era usar 44" - meu e horrivel olhar pro espelho e não se ver mais - eu to passando por isso, entro sempre no seu blog pra buscar apoio e ver ela conseguiu eu tb posso, e isso não é inveja é o orgulho que eu sinto da minha antiga e atual amiga Julia.
Parabéns por vc lutar e conseguir atingir seu objetivo!!! eu to na luta e logo etarei lá