Contagem Regressiva - foram embora para não voltar nunca mais!

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

46 - The time has coming.





Oi pessoal!

Como já havia dito anteriormente, esse blog não é apenas um blog sobre emagrecimento.


É um espaço para desabafos, fofocas, curiosidades, planos, sonhos. Claro, o foco principal é a mudança que eu estou “operando” em mim, e envolve, certamente, mudar minha cabeça e meu corpo. Confesso que fiquei bem feliz com o resultado do último trimestre de 2009, que foi quando eu tomei coragem para dar o maior passo de todos: o primeiro.

Olhando para trás, vejo como tudo isso foi bom para mim. Até mesmo as privações. Hoje me sinto muito mais serena e confiante. É gostoso olhar no espelho e falar: sim, você ainda precisa melhorar, mas está infinitas vezes melhor do que há um ano! Passei a cuidar muito de mim, nunca fui vaidosa mesmo. Hoje não durmo sem passar creme anti-idade, a cada vez que lavo as mão passo creme, e passei a usar filtro solar no rosto todo dia. Faço as unhas semanalmente, compro produtos pra cabelo e corpo. Visito blogs e sites especializados em moda e beauté. Sério. Quem me conhece há tempos e lê aqui, sabe bem do que estou falando, sempre fui meio “menino” – calça jeans, tênis colorido e camisetinhas.

Hoje coleciono tiaras e pulseiras de acrílico! E sapatos e bolsas! 

Vou completar 26 anos em abril. Nunca me senti tão bem como agora – e falo isso em todos os campos da minha vida. Tenho a família unida, trabalho onde sempre sonhei, 2 amigos que posso confiar a minha vida, um punhado de pessoas queridas por perto, um namorado que realmente é a tampa da minha panela. Consegui parar de fumar sem alterar minha sanidade – e pela primeira vez desde que comecei com esse vício, não sinto a mínima vontade de voltar, e olha que já passei pela pior provação de todas: tomar cerveja com amigos que fumam. Sim, cerveja eu continuo a tomar, mas bem menos do que sempre tomei. E por escolha também, não por privação. Porque eu precisei de quase 26 anos para entender que a gente não precisa cometer absurdos quando quer comer ou beber algo, porque nada está deixando o planeta (não ainda, daqui uns anos talvez, infelizmente, essa frase mude).

O dia negro, aquele em que eu subi na balança sem roupa e estava acusando 80,050 kg ainda é um fantasma que me ronda os pensamentos as vezes. Um fantasma e um tapa na cara ao mesmo tempo. Só quem um dia perdeu a auto-estima, sabe o valor que é recuperar. Hoje eu escolho se quero roupas mais larguinhas, antes eram a única saída. Ainda não fui a compras de verdade, estou usando as roupas de 2007 / início de 2008. Mas mês que vem já programei uma repaginada geral. Passo horas visitando sites, assino 4 revistas diferentes, tou assim, peruíssima. E feliz, claro. E voltei a receber buzinadas quando estou andando na rua, hahahaha!

Passei a me alimentar com qualidade, mas sem paranóia. Se quero comer um chocolate, eu como. Eu parei com refrigerantes por opção, não foi nenhum promessa. E evito frituras como o diabo foge da cruz, hahaha. Mas não fico falando só disso, nem criticando quem está ao meu lado, nem nada. Eu procurei mudar. Se as pessoas quiserem, elas também mudarão, no tempo delas.


A única coisa que eu realmente preciso melhorar é sobre exercícios físicos. Mas creio que agora que eu vou morar mais perto do trabalho, vou conseguir incluir um pouco de atividade física.

De resto, o apartamento está acertado, já comprei algumas coisinhas e vou começar a mudança nesse fim de semana. 



Mas claro, não foram só coisas boas nesse período.


Eliminei (ok, estou eliminando) várias pessoas também – foi um processo doloroso e necessário. E me sinto bem mais leve com isso. Não tanto quanto com os 13 quilos que já foram, mas já é alguma coisa. Não importa se você tem centenas de amigos no Orkut, Facebook, Twitter, ou qualquer outra rede social. É importante saber se você tem pelo menos uma pessoa que aceita realmente do jeito que você é, que compreende seu silêncio, que se afasta quando você quer um pouco de solidão, e que grita junto com você nos seus momentos de alegria.
Eu tenho. Uma não. Duas. E sou eternamente grata pelas duas pessoas maravilhosas que estão comigo já há alguns anos. Nem tudo foi risada com eles esse ano, tiveram episódios de lágrimas, claro. E esses valeram mais do que qualquer festa do mundo. Mas essas pessoas foram fundamentais para me ajudarem a atravessar esse período todo. Não vou colocar seus nomes, porque eles sabem que são eles!




Todo esse post enorme foi para informar que, de hoje em diante, não irei apenas focar em dietas, e principalmente para agradecer aos meus amigos verdadeiros.


E podem esperar um post absurdo sobre Melissas dentro de algumas horas!
Mais melissas, mais fofocas, e menos paranóia.
E que venha 2010!



6 comentários:

Carla disse...

Assim é que se fala... determinação acima de tudo.
Bjinhos
Até mais ler

Dani disse...

menina, estou precisando eliminar algumas dúzias de pessoas da minha vida
Ótima idéia!!
Bjinhus

Lais Cordeiro disse...

Adorei seu blog e seu bom humor, li vários posts e já to seguindo viu! Grande bju!

Carol disse...

Devo confessar estu ansiosissíma pelo post de melissa ...rsrs.
Beijocas

Julie disse...

Ju, amiga, q post delicioso! parabens ppor todas as conquistas!

Anônimo disse...

Olá, entrei na net a procura de algo sobre algum creme que auxilie para fechar os póros do rosto e apareceu seu blog. No post falava sobre cremes da Avon mas nada sobre a minha busca em si. Bom, mas eu acabei lendo alguns posts, esse último principalmente e comento entào para te dar os parabéns e desejar boa sorte. Acima de qqr coisa vc está lutando pela sua saúde, que é o bem mais precioso que temos. Mas sabemos que é preciso muuita determinação, bom humor, paciência e força de vontade. E isso me pareceu que vc tem de sobra.
Parabéns!
Bjos.
Lucy